Em 2019 iniciamos uma base na comunidade ribeirinha Pracuru, na ilha do Marajó. Esta é uma de nossas bases mais distantes e de difícil acesso, são 3 dias de viagem e lá não há energia, água potável, saneamento básico, nenhum sinal de celular, mas muitas crianças e famílias sedentas da Palavra de Deus. As missionárias percorrem no mínimo 1 hora de rabeta para chegar na primeira casa, mas estão felizes evangelizando, discipulando os primeiros novos convertidos, realizando E.B.Ds e logo iniciaremos o trabalho de creche.

Compartilhar nas Redes Sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *