Um dia o dedo de Deus poderá apontar para nós, nos acusando de não estarmos aproveitando todas as oportunidades, de não estarmos investindo todos os recursos, de não estarmos amando com todas as forças de nosso coração. Qual será nossa desculpa?

Compartilhar nas Redes Sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *