É importante também aprender a se poupar, você não precisa resolver todos os problemas e se envolver em todas as questões. Desse jeito não há emocional que suporte. Não se envolva em conflitos desnecessários e jamais perca tempo tentando impor sua cultura e sua cosmovisão ao povo. Atenha-se apenas ao que implica em salvação ou condenação. Não é sua tarefa mudar hábitos alimentares ou vestimentas. É sua tarefa pregar o Evangelho. 

Procure ter alvos bem definidos e trabalhe para ir até o fim, você não precisa fazer tudo ao mesmo tempo, vai se desgastar e corre o risco de não concluir nada, se seu foco for alfabetização, faça o projeto, desenvolva ou copie o método, consiga os materiais e o espaço, visite a comunidade, esclareça a necessidade, motive os alunos, recrute voluntários, inicie as aulas e mantenha o foco. Não vá criar um posto médico ao mesmo tempo em que inicia o trabalho educacional. Raramente dá certo. 

Saiba lidar com a oposição tranquilamente, lembre-se que jamais poderá agradar a todos, na comunidade ou na congregação, sempre haverá pessoas que vão discordar dos seus métodos e irão criticá-lo. Normal. Mesmo que você se esforce ao máximo, vai acabar decepcionando alguém, então não caia na cilada de tentar agradar a todos, você só vai se sobrecarregar. Trabalhe sempre para agradar ao Senhor. Se alguém não concordar, paciência e siga em frente. Às vezes é preciso lembrar que nosso advogado é Jesus e que críticas sem fundamento por elas mesmas se desfazem. É muito exaustivo emocionalmente, sempre tirar satisfações ou confrontar quem se levanta contra você e seu ministério. Custa menos orar, apresentar o problema a Deus, não procurar retaliações ou vingança e continuar fazendo o melhor possível.

Não relaxe na leitura bíblica e devocional e não deixe de ler bons livros e biografias de outros missionários, podemos aprender muito sobre nossos próprios dilemas com essas leituras. E tenha humildade para pedir ajuda quando precisar e para aprender com outros que compartilham sua jornada, jamais se considere insubstituível ou muito importante, lembre-se você não é superior a ninguém. Antes de ser missionário, você á acima de tudo, um servo.

Compartilhar nas Redes Sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *